ASeB delibera operações no terminal do Aeroporto de Macaé

A Aeroportos do Sudeste do Brasil S.A. (ASeB) se antecede ao início da gestão e já atua com novas medidas em benefício das operações do Aeroporto de Macaé.

Na última sexta-feira (11), a empresa pertencente ao grupo Zurich Airport, firmou um compromisso na quarta-feira (9), junto ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), para regularizar e providenciar um Plano da Zona de Proteção do Aeroporto de Macaé (PBZPA). Medida primordial para que a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) viabilize voos regulares do Aeroporto de Macaé para o Rio de Janeiro e São Paulo. E assim chegar em outros destinos.

“O PBZPA, como é chamado, é fundamental para manter sob controle a construção das edificações do entorno do aeroporto com atenção especial às superfícies que possam limitar as operações de aeronaves ou até mesmo inviabilizar voos no aeroporto”, explicou a ASeB.

A expectativa da ASeB é que todas as operações de transição aconteçam normalmente até a primeira quinzena de 2020.

As passagens aéreas já estão disponíveis no site para compra. 

Os voos estão liberados a partir do dia 27 de outubro.

>
Facebook