Setor petroleiro estima criar 400 mil vagas de emprego

O setor petroleiro volta a contratar após 6 anos vivendo um período de crise. São estimados a criação de 400 mil novas vagas para os próximos 2 anos. Essa nova demanda de emprego deve-se aos últimos leilões.

Especialistas sinalizam pontos importantes dessa retomada do boom do pré-sal: pode existir gargalos de mão de obra, diante da fuga de profissionais durante a crise; e devido ao vazamento de origem desconhecida no nordeste, que aconteceu a milhares de quilômetros da costa, as autoridades responsáveis poderão acompanhar o processo de prevenção e remediação com atenção redobrada, pois a atividade tende ser intensa para os próximos anos.

Em 2019 será o primeiro ano, desde 2012, com aumento de empregos no setor petroleiro. Durante e esse período
viveu-se um tempo de crise, onde a Petrobras e a suspensão dos leilões de novas áreas desmobilizaram a indústria, o que levou a redução de vagas em praticamente todos os níveis da cadeia.

>
Facebook